Jogador grego é banido da seleção após gesto nazista

Giorgos Katidis expulso da seleção grega de futebol por gesto nazista

O AEK venceu o Veria no último sábado por 2 a 1, pelo Campeonato Grego, mas o que mais chamou a atenção, e de forma negativa, foi a comemoração de Giorgos Katidis. Após fazer o gol da vitória do seu time, o meia celebrou o momento com uma saudação nazista no estádio Spyros Louis. Depois da partida, o jogador de 20 anos disse em sua conta no Twitter que não sabia o significado do que estava fazendo. “Não sou racista de jeito algum. Abomino o fascismo. Não faria o gesto se soubesse que significa alguma coisa. Eu sei das consequências e não farei mais isso”, afirmou, explicando que sua intenção era homenagear o colega de equipe Michalis Pavlis, que está lesionado e assistia à partida no estádio. Com a repercussão do caso, o clube pediu desculpas publicamente pelo ato e a Federação Grega de Futebol anunciou que baniu o atleta para sempre da seleção nacional. Em nota oficial, a instituição foi veemente ao dizer que “condena inequívoca e categoricamente os gestos de Katidis, e cede o seu apoio para que os órgãos que julgam este tipo de caso apliquem a pena com o máximo rigor”. O comunicado também lembra que, segundo instruções da Fifa, o jogador pode até ser banido do futebol.

Via Alef News

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s