Parceria na área médica com Israel permitirá produção de medicamentos mais baratos no Brasil

Ministro da Saúde do Brasil Alexandre Padilha em Israel

Apresentou resultados concretos a Missão Médica a Israel promovida pela Câmara Brasil Israel de Comércio e Indústria, que aconteceu de 2 a 7 de maio, com o objetivo de aproximar os médicos e profissionais da área de saúde brasileiros ao sistema de saúde israelense e intensificar a cooperação e a transferência de tecnologia entre os dois países.

A Missão foi chefiada pelo Ministro da Saúde do Brasil, Alexandre Padilha, e contou com o apoio do Hospital Israelita Albert Einstein, e com a participação de 29 renomados médicos, professores e autoridades da área da Saúde.

Padilha encontrou-se com os ministros da Indústria, Comércio e Trabalho, Naftali Bennett, e da Saúde, Yael German, e reuniu-se com dirigentes de duas indústrias farmacêuticas israelenses, a Teva, líder mundial em fabricação de genéricos, e a Protalix, especializada em biotecnológicos.

Para o presidente da Câmara Brasil Israel de Comércio e Indústria, Jayme Blay, a Missão Médica foi um sucesso: “A Câmara reafirmou seu propósito, que é o de incrementar as relações comerciais e culturais entre Brasil e Israel, buscando a abertura de novas oportunidades e o acesso a novas tecnologias entre os dois países. Os participantes puderam conhecer de perto como Israel pode contribuir para a melhora no atendimento médico à população e também em casos de tragédias”.

“A Missão Médica Brasileira em Israel proporcionou uma maior aproximação e um melhor conhecimento sobre os avanços da saúde neste país, trazendo a possibilidade de integrar de forma objetiva os governos e médicos de destaque em nosso meio. Fomentar troca de experiências na área da Saúde entre profissionais de ambos os países fortalece relações entre as instituições israelenses e brasileiras, e ambos os lados ganham. Israel sempre perseguiu um modelo universalizante e seu diferencial tecnológico na área de urgências e emergências, bem como as bases de telemedicina podem ser uma referencia para nós brasileiros”, avaliou Claudio Lottenberg, presidente do Hospital Israelita Albert Einstein.

Medicamentos mais baratos

O mercado de medicamentos biológicos é uma das grandes apostas do governo brasileiro. Por intermédio de Políticas de Desenvolvimento Produtivo (PDPs), ocorre a compra de grandes volumes de medicamentos para o Sistema Único de Saúde (SUS) por um preço mais reduzido e, ainda, a transferência de conhecimento tecnológico para laboratórios públicos brasileiros.

É o caso da PDP entre a Fiocruz e a Protalix/Pfizer para a produção do tratamento de pacientes com a Doença de Gaucher. A tecnologia desenvolvida em Israel ganha em competitividade pelo baixo custo dos processos produtivos, alto rendimento e risco zero de contaminação viral. A estimativa de economia para o Ministério da Saúde em cinco anos, a partir do começo da produção deste medicamento, é de R$ 64 milhões.

Situações de emergência

Após visitar o Centro de Simulação de Israel, do Hospital Tel Hashomer, próximo a Tel Aviv, conhecido mundialmente por treinar profissionais de saúde para situações realísticas de alto risco, como atentados terroristas e grandes acidentes, o ministro Padilha reforçou o interesse do Brasil em “importar” o conhecimento e a tecnologia de Israel no atendimento a situações de tragédias e catástrofes para treinar profissionais do Samu e dos serviços de urgência e emergências das cidades que vão sediar a Copa de 2014. Neste centro, bonecos que reagem como se fossem seres humanos, são utilizados por estudantes de medicina, o que também chamou a atenção dos médicos brasileiros.

Segundo o ministro, “Israel possui um dos serviços públicos mais eficientes do mundo no atendimento de emergências. Fizemos simulações parecidas com nosso aparato durante o Carnaval de Recife, Salvador e Rio. Mas temos muito a aprender com Israel.” A parceria vai envolver também os hospitais Albert Einstein e Sírio-Libanês, que já prestam serviços de capacitação profissional ao ministério.

A importância da engenharia na medicina

Um dos fatores que mais surpreendeu a delegação médica foi constatar que as empresas de engenharia estão alinhadas com os hospitais na pesquisa e desenvolvimento de produtos. “Tudo o que acontece hoje na medicina israelense decorre de um avanço na área de engenharia, como os equipamentos para exames de ultrassom e ressonância magnética e inovações que conhecemos em Israel como a cápsula de vídeo que é engolida pelo paciente e permite ao médico observar o aparelho digestivo” ressaltou o diretor da Câmara Brasil Israel, Paulo Feldmann.

Tratamento igualitário a todos os pacientes

A comitiva do Brasil também percorreu as alas do Hospital Hadassah, em Jerusalém, reconhecido pela especialidade em tratamentos como o neurológico adulto e infantil. É um hospital público e um dos mais importantes de Israel, com cerca de 700 leitos e 31 salas de cirurgias. Em 2005, foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz, em reconhecimento à igualdade no tratamento a pacientes, independentemente de etnia e religião.

Na vanguarda da investigação científica

Também fizeram parte da programação visitas ao Institutos Technion e Weizmann de Ciências, que figuram na vanguarda da investigação científica, a Universidade Hebraica de Jerusalém, considerada a melhor universidade israelense e a 52a melhor do mundo, bem como a seguradora de saúde Macabi, onde pacientes da terceira idade são monitorados a distância e caso passemmal, um alerta é dado e uma ambulância é imediatamente enviada para a residência do segurado.

Jantar com a embaixadora do Brasil

O grupo também foi recebido para um jantar na residência da Embaixadora do Brasil em Tel Aviv, Maria Elisa Berenguer, e também teve a oportunidade de visitar os principais pontos turísticos de Israel, como os lugares sagrados de Jerusalém, Mar Morto, Massada, Monte das Oliveiras e também o Museu do Holocausto (Yad VaShem).

Via CONIB

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s