Sapo recém-descoberto em Israel é ‘fóssil vivo’

Espécie de sapo descoberto em Israel

Uma rara espécie de sapo recentemente redescoberta após ser declarada extinta acaba de ser reclassificada como um “fóssil vivo”.

O sapo pintado de Hula, encontrado em Israel, ficou desaparecido durante quase 60 anos, mas um exemplar da espécie foi encontrado em 2011 em uma região pantanosa.

Exames indicaram que o sapo pertence a um grupo de anfíbios que se extinguiu há 15 mil anos.

“Foi uma grande descoberta, (o sapo) é como um ídolo em Israel”, diz à BBC o professor Sarig Gafny, do israelense Ruppin Academic Center. “Daí descobrimos que o animal era um fóssil ivo. Foi incrível.”

Chama-se de “fóssil vivo” um exemplar vivo de uma espécie que se acreditava estar extinta, e que geralmente –mas não necessariamente– era conhecida apenas através de fósseis.

A pesquisa sobre o sapo foi publicada no periódico Nature Communications.

Mesmo antes de ter sido declarado extinto, em 1996, o sapo pintado de Hula era uma criatura esquiva. Apesar de suas características bem peculiares –uma barriga com pintas pretas e brancas–, apenas três exemplares adultos da espécie haviam sido vistos.

Continue lendo na Folha de São Paulo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s