Uma empresa israelense irá construir um “oásis solar” em Ruanda, na África, capaz de gerar 8,5 megawatts, que correspondem a 8% do abastecimento de energia elétrica do país.

Energia Solar Israel

O americano-israelense Yosef Abramowitz, da Energiya Global, e o presidente de Ruanda, Paul Kagame, deram uma entrevista coletiva no King David Hotel, em Jerusalém, para falar sobre o acordo que está em vias de ser finalizado. O primeiro campo solar do país será localizado em Agahozo-Shalom Youth Village, um internato para órfãos do massacre ocorrido em Ruanda nos anos 1990. O projeto abrangeria cerca de 15 jovens dessa aldeia de 60 hectares, explica Chaim Motzen, vice-presidente da Energiya Global. Com a instalação desse equipamento, a empresa espera trazer não apenas uma fonte de energia limpa para o país como também catalisar o crescimento industrial, gerando empregos e receitas para investir em saúde e educação.

Via Pletz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s