Judeus ortodoxos estes desconhecidos e outras notícias

“A religião é o ópio do povo” disse um judeu, descendente de uma linha de rabinos ilustres, apelidado na infância de Hershale e em cujo nome uma ideologia importante do sécculo XX seria criada, Karl Henirich Marx.
Não sou marxista, mas no que tange à frase, estou de pleno acordo com Hershale.
No Brasil, você os vê raramente. Talvez, em S.Paulo, nas imediações da Rua Padre João Manuel. Mas aqui, em Israel, você cruza com eles diariamente em todos os lugares. Os homens de terno escuro, barba, peiot e chapéu; as mulheres com suas saias obrigatórias e cabeça coberta.
São facilmente identificáveis, entre a grande maioria não religiosa deste país. Obviamente, ninguém liga. Faz parte da paisagem.
Eu mesmo cruzo com eles quase que diariamente conheço, porém, pouquíssimo sobre seu modo de viver. Sei que se dividem em movimentos diversos de nomes estranhos como Hassidim e Mitnagdim, Litvichers, Gherers, Chad, etc. Sei que são rigorosos quando se trata de comida, que deve ser kasher.

Continue lendo aqui o Blog de David Tabacof

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s