Direto do Blog de David Tabacof

HAMAS ISOLADO, PROCURA IRÃ
David Tabacof – direto de Israel – 17/03/2014

Não fosse o Hamas um inimigo, ficaria com pena da organização. Recebeu de presente a faixa de Gaza com a retirada de Israel efetuada em agosto de 2005 e de lá prá cá só tem tido problemas.

Apesar de bombardear o Estado judeu, com pequenos mísseis que causam mais irritação que qualquer coisa, após o rompimento com o governo militar egípcio, são dependentes de Israel para receber mercadorias de fora por via marítima (Gaza só tem um pequeno porto) já que Israel bloqueou seu porto.

Não possui aeroporto. Nada produz, salvo confecções e outras pequenas indústrias locais e depende de Israel para água. eletricidade, gazolina e outros combustíveis. Os túneis que eram as únicas vias de acesso a Gaza através do Sinai egípcio, foram destrídos pelo exército egípcio como castigo ao Hamas por apoiar o deposto presidente Mursi.

Gaza, com exceção do centro novo da cidade, não passa hoje de uma acampamento de mais de um milhão de pessoas vivendo na miséria no século XV, mas querem acabar com Israel, uma potência tecnológia do século XXI. O principal responsável por esta situação é o fanatismo islâmico do Hamas que não permite a infiéis ocupar um grão de areia, sequer, de “terras muçulmanas” impedindo assim o Hamas de negociar com Israel.

Assim, só resta a Gaza produzir terroristas ferozmente anti-Israel. Mas, são “produtores de armamentos”. O pequeno foguete Kassam, de fabicação quase caseira, que não passa de um cano que enchem de combustivel e colocam explosivo no nariz.

Por outro lado, sabem que Israel pode acabar com a festa terrorista em Gaza, mas não o faz devido às repercussões mundiais e porque pode perder alguns soldados na operação. Os chamados “bleading hearts” (uma mistura de anti-semitas, árabes e comunistas) europeus o apoiam e protestam quando Israel faz incursões na faixa.

De um tempo para cá, após a operação “Pilar de Fogo” em 2012, quando Israel decidiu pôr um fim aos arremessos dos pequenos mísseis Kassam, entrando em Gaza para fazê-lo, o Hamastan*, está quieta tratando de arranjar víveres para matar a fome de seus cidadãos.

Aontece que uma co-irmã do Hamas, o Jihad Islâmico de Gaza, uma pequena organização, quer mostrar serviço e, de vez em quando dispara um ou mais pequenos mísseis contra Israel. Que geralmente caem no matagal que cerca Gaza. Israel acompanha tudo o que acontece na faixa graças aos seus pequenos aviões espiões não-tripulados, os chamados drones.

Além disso, Israel possui o Iron Dome (Cúpula de Ferro) que é eficiente para mísseis maiores. Os Cúpula de Ferro são caros, mas são smarts. Quer dizer se seus computadores perceberem que algum míssil irá cair em lugar indesejável ou habitado, o sistema o derruba no ar.

Para complicar a já complicada situação de Gaza, o Hamas, apoiava a Irmandade Muçulmana no Egito Alijada do poder pelo General Al Sissi, os militares egípcio passaram a ser inimigos do Hamas. Como primeira medida, mandaram destruir os túneis que levavam mercadoria do Sinai egípcio para Gaza. Sem os túneis, Gaza está sem saída.

Os dirigentes do Hamas sabem que não têm chance contra Israel mas continuam trimosamente bancando os mártires da causa palestina. Gaza x Irael é como o Galícia na 2ª divisão do campeonato baiano jogando contra a selação brasileira.

O Hamas em vez de se juntar à AP de Abbas e procurar um acordo com Israel, permenece “heroicamente” em sua teimosia fanática islâmica. E paga um alto preço. Agora, o Hamas descobriu um novo aliado: o Irã. O país dos Aiatolás que topa tudo desde que seja contra Israel, aceitou ajudar o Hamas.

Qual a real significação deste passo ainda não está claro. Para o Irã é uma boa idéia se juntar ao Hamas. Ao norte (de Israel) já conta com o Hesbolá no Líbano e agora terá o Hamas a sudoeste. A conferir.

Continuem lendo aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s