Povoado espanhol decide tirar “mata-judeus” do nome

Os habitantes do povoado espanhol de “Castrillo Matajudíos” votaram a mudança do nome para “Mota de Judíos”. O prefeito Lorenzo Rodríguez afirmou que, por causa do nome, sempre é preciso dar explicações “uma vez que sempre se ouve o comentário de que em Castrillo os judeus são mortos. É justamente o contrário, porque Castrillo surge de uma comunidade judaica e, no escudo da cidade, há uma estrela de David”. A origem da pequena cidade remonta ao ano 1035, quando vários judeus expulsos de suas casas em outros lugares da península Ibérica se refugiaram nessa pequena colina. Permaneceram ali até 1492, quando os reis Católicos ordenaram a saída de todos os judeus que não se converteram ao catolicismo. A primeira menção ao nome Castrillo Matajudíos aparece em 1623, segundo o arqueólogo Ángel Palomino. Os descendentes desses judeus expulsos podem ter decidido mudar o nome da localidade depois de 1492 para demonstrar seu fervor.

AlefNews via e-mail

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s