Parashat Chukat

Bass Cheiva Nucinkis

 

Parashat Chukat

A Parashá Chukat (Estatutos) – SEFER BAMIDBAR, o quarto livro da
TORÁ, traz  inicialmente  o relato  sobre o sacrifício de uma vaca vermelha, cujas cinzas seriam usadas  em ritual de purificação.

As leis, as vezes são incompreensíveis, cabe aceitar  sem entender a lógica.
O  povo de Israel continuava na caminhada pelo deserto…
Miriam, irmã  de Moshe, morre em Cadesh e ali é enterrada.
No deserto de Cadesh   não havia água  e  o povo se revoltou com Moshe, alegando  mais uma vez que o Egito era melhor do que aquele lugar, onde  não havia videira, nem romã  só areia e pedra.
Aaron e Moshe pedem a Adonai que ajude  a vencer mais esta dificuldade. E o Eterno respondeu: “Toma o teu cajado e reúne a congregação, tu e Aaron, teu irmão, e falareis à rocha diante de seus olhos; e darás águas. E tirareis para eles águas da rocha e dareis de beber à congregação e aos seus animais”.

Moshe não seguiu exatamente as palavras de Adonai levantou sua mão e “feriu a rocha” com seu cajado por 2 vezes e saiu muita água saciando a sede do povo e do rebanho.
Por que Moshe não agiu como foi orientado, a falar com a rocha e não bater? A pressão do povo desestabilizou emocionalmente o grande líder, que era um ser humano, portanto sujeito a sentimentos.
Por esse fato Moshe foi punido: ”Por quanto não crestes em Mim, para santificar-me aos olhos dos filhos de Israel, por isso não trareis esta congregação à terra que lhes dei”.
A expressão “santificar-me” que Adonai falou para Moshe significa dar
bom exemplo; sabe-se que uma ação vale mais do que mil palavras.

No percurso pelo deserto o povo de Israel teve que enfrenta povos que aí se estabeleceram ,como os edomitas. Estes não permitiram a passagem pelas suas cidades. Os desafios eram muitos e Moshe se aconselhava com D’us.
A Parashá CHUCAT traz um grande ensinamento: a importância do ser humano conter seus impulsos em um conceito mais atual: educar as emoções, banir a raiva e os ressentimentos.

SHABAT SHALOM.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s