Parashat BeHaAlotechá


Por Bass Cheiva Nucinkis

 

  “Não esqueças (a TORÁ) e ela   te preservará, ama-a e ela te guardará”.

Provérbios – MISHLÊ BEHAALOTECH – Á parashá do quarto livro -Bamidbar-Números.

O livro Bamidbar, além dos anteriores, traz as leis divinas que Moshe transmitiu ao povo. Versavam as referidas leis sobre diversos assuntos: humanitários, sociais e princípios higiênicos sobre a alimentação.

Moshe continua a conduzir os filhos de Israel pelo deserto.

Adonai   orienta o   líder sobre o acendimento diário da MENORÁ – candelabro de ouro, reponsabilidade de Aharon, o Cohen Hagadol.
Os levitas tinham funções religiosas e ajudavam no serviço do Tabernáculo. Um sábio disse que Aharon manteve essa função pelo tempo que viveu, com entusiasmo e alegria não encarando como obrigação.
No segundo ano no deserto, Adonai ordenou a celebração de Pessach pela primeira vez.
Uma nuvem acompanhava o povo e cobria o Tabernáculo. Quando a nuvem saia, os filhos de Israel davam continuidade à  marcha, sempre no tempo determinado pelo Senhor.

Moshe é instruído para fazer duas trombetas de prata, que sinalizariam a partida, o reinício da caminhada, para convocar assembleias dos líderes das tribos e anunciar dia santificado.

Ao  deixarem o Sinai em direção ao deserto de Páran, os grupos nas portas de suas tendas reclamaram  e  se revoltaram contra a alimentação, o Maná, que recebiam  diariamente e na sexta uma porção dupla em função do Shabat.

Lamentavam a saída do Egito  onde diziam  ter comida farta, carne e peixe. A vida difícil no deserto, gerava frustrações e inevitavelmente a comparação com o Egito. Novos hábitos deveriam ser formados – uma mudança de mentalidade:
Fomos escravos e O Senhor nos libertou.
Com o recebimento da TORÁ o cumprimento das Mitzvot era um fato novo. D— envia codornizes para que o povo comesse carne. O grande líder  com atitude humilde  recorre à  Adonai para ajuda-lo diante das revoltas e insatisfações   do povo.

Elohim ordena que o líder selecione setenta anciãos   para formar um Conselho- o  Sanedrin.
Diz a TORÁ  que os  componentes  do referido Conselho foram imbuídos do poder divino e dividiriam a responsabilidade com Moshe na condução   povo e na resolução de conflitos.

Miriam , irmã  de Moshe, foi acometida de lepra fica isolada por sete  dias e  a partida para o deserto de Parán começa quando ela se restabelece.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s