Ha’Azínu

Parasha Haazinu.jpg

Por Israel Mizrach

Na penúltima Parasha da Torá, Moisés invoca os céus e a terra para que ESCUTEM. Quer ter testemunhas permanentes do que acontecerá ao Povo Judeu caso se esqueçam de todas as bênçãos do Eterno e, com ingratidão, passem a descumprir Seus mandamentos. Moisés faz questão de esclarecer que é um ser de carne e osso e sabe que, tanto ele quanto seus sucessores, irão morrer, por isso o chamado aos céus e a natureza inteira para que sejam os eternos censores do povo de Deus. E assim o faz, na esperança que encaminhem Israel na senda do bem e o desviem do caminho do mal.

Estando a um passo de receber a terra prometida, Moisés, sabendo que ali não entrará, cuida de lembrar a historia do nosso povo, frisando as inúmeras vezes em que agimos de forma estúpida e fomos salvos apenas pela benevolência do nosso Criador. Alerta-os para que não se embriaguem com a fartura e esqueçam de agradecer ao Eterno. Após amedrontá-los, mostrando toda a catástrofe que o atingiriam se assim o procedessem, conforta-os, garantindo que, ao final, o Eterno os salvará.

A Parashá se encerra com o Eterno dizendo a Moisés que suba ao Monte Nebo, de onde poderá contemplar a terra que os filhos de Israel irão herdar e que lá morra e recolha-se ao seu povo, mencionando ainda o pecado que houvera cometido, motivo pelo qual apenas teria permissão para vê-la de longe, mas não para adentrá-la.

Se naquela época, já havia essa preocupação com que nos deixássemos distrair e assim acabássemos esquecendo a Lei e cometendo alguma transgressão, o que dizer dos tempos atuais, principalmente na diáspora? Vivemos na era digital, onde inúmeras novidades chegam até nós numa velocidade surpreendente e tudo isso sem duvida acaba nos afastando do que realmente é importante para nós. Portanto, hoje, mais do que nunca, deverá fazer-se sentir entre nós, este discurso de Moisés: “Aplicai o vosso coração a todas as palavras que hoje testifico entre vós, para que ordeneis a vossos filhos, para que cuidem de cumprir todas as palavras desta Lei; porque isto não é coisa vã, mas é nossa vida, e por esta coisa prolongareis dias na terra para a qual, estais passando o Jordão, a fim de herdá-la”.

SHANÁ TOVÁ UMETUKÁ!!!

SHABAT SHALOM!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s